Mamata forte, mamata amiga.

As Forças Armadas Brasileiras celebram com a pompa digna dos grandes guerreiros, dos bravos combatentes da terra, do mar e do ar, cuja vida está a serviço da pátria, aqueles que sobre as mais duras e torturantes adversidades conquistaram para essa gigante nação entorpecida a tão sagrada, imaculada, salve, salve, liberdade de consumo; celebram esses, pois, o retorno ao não tão longíquo tempo em que se empanturravam e enriqueciam às custas da morte, do sofrimento, da miséria e da fome do povo brasileiro, taoquei.

Como disse recentemente a ex-presidenta Dilma Rousseff, vai ser muito difícil tirar as Forças Armadas de onde estão agora, principalmente pela forma como o excrementíssimo presidente Jair Bolsonaro os adula, não apenas com cargos em todas as áreas do governo federal, mas com as regalias milionárias pagas com o dinheiro público, como denunciado nos últimos dias. Além dos famigerados leite condensado e chiclete que, afirmam os tios e tias especialistas de uátizape, são essenciais para manter soldados bem dispostos e com sua higiene bucal saudável, há também as toneladas de picanha e milhares e milhares de litros de cerveja superfaturados destinados aos quartéis. Mimando generais e soldados – que lamentam não terem sido tratados dessa forma pelos governos anteriores, a despeito de todo o investimento em tecnologia durante os governos de Lula e Dilma e das regalias mantidas para os oficiais no acordo que deu fim à ditadura, em 1985 –, Bolsonaro e as elites eugenistas que o colocaram lá têm como certo a defesa armada de seus interesses quando estiverem correndo perigo de perderem o controle da situação, pfiu, pfiu.

Mas o gigante não vai levantar, deitado eternamente em berço esplêndido, enquanto a libbberália vira-lata bbbate continência e dá audiência pra cultura individualista embbburrecedora, enchendo a bbbarriga de vento, arrotando arrogância bbburguesa comprada à prestação e paga com auxílio emergencial, aguardando ansiosamente para furar a fila da vacina, prontinha pra fazer tudo de novo ao primeiro toque do clarim, amém.





Uma vez
Mensal
Anualmente

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação única. Obrigado.

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação mensal. Obrigado.

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação anual. Obrigado.

Escolha um valor

R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star