Cultura

O dedo podre abençoado por deu$ do xucríssimo presidente da república do e daí? eu tenho netflix!, Jair Bolsonaro, vetou a Lei Paulo Gustavo, projeto que destina R$ 3,86 bilhões em recursos para a Cultura em todo o país para o enfrentamento dos efeitos da pandemia no setor, duramente atingido pelas necessárias medidas sanitárias, muitas delas ainda vigentes, afinal, a pandemia não acabou, mas se quiser acabou, taoquei.

Um clássico dos tempos sombrios de todos os tempos, o boicote às artes, à ciência e à educação é um serviço prestado gratuitamente pelo patrão com o nobre intuito de preservar a sacrossanta glória da burrice, com deus acima de tudo, amém.

O Congresso Nacional, que anda de mãos dadas com o governo necronazifascista de Bolsonaro, tem poder para derrubar o veto, e talvez o faça por interesse próprio, ano de eleição, e tal. Mas a Cultura, até então nas mãos do apedeuta malhaçônico Mário Frias, não é o MEC com suas barras de ouro ungidas na glória do $enhor, aleluiamém!, e seus bilionários ônibus escolares para receber tamanha atenção de uma maioria parlamentar que representa com muita determinação a doutrinação cultural liberal glitter-glúteo-glamur em nome da liberdade de consumo, plim, plim.

Obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star