Deixa que eu toco sozinho

Parafraseando o velho ditado: à sombra do Nogueira não te deites à dormir.

Ao ampliar os poderes de Ciro Nogueira como ministro da Casa Civil, o imprestabilíssimo presidente da república dos golpes amplia seu decorativismo fazendo de conta que governa enquanto entretem a claque fascistoide que o adula de norte a sul, leste a oeste, escancarando mais ainda a porteira do golpe pra passagem da boiada e assegurando a divina continuidade do mesmo para deleite da burguesia eugenista e alegria orgásmica da onanista mão invisível do mercado, com semipresidencialismo, com supremo, com deus acima de tudo, amém.

Ciro, o “primeiro ministro” danação, afinadíssimo que é com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Neoliberalira, está incumbido de “resolver impasses” entre os ministérios e, assim, botar ordem na orquestra e garantir que todos os orçamentos secretos, ops!, instrumentos estejam afinados de acordo com o exigente ouvido do patrão que quer a sinfonia encomendada tocada da capo em presto prestíssimo até o fim, com fermata, com tudo.

Enquanto o nazifascismo corre nu pelas avenidas entretendo e engajando a indignação seletiva, o patrão se prepara para pular mais um carnaval ao som dos gritos surdos da fome e dos lamentos das chorosas cuícas da miséria humana, taoquei.

Obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star