Paraisópolíciassassina

De paraíso a inferno num piscar de olhos.

Hoje, 2 anos do massacre de Paraisópolis. Nove vidas jovens ceifadas pela ação genocida da Polícia Militar de São Paulo em Paraisópolis, relativizada pelo governador João BolsoDória e sua gestão limpinha cheirosa em nome do bolso do patrão, amém.

Nove famílias em luto.

O projeto de extermínio de pobres e negros está em pleno curso. Quando não extingue suas vidas na bala e no vírus, apaga sua história, corrompe sua luta com as migalhas da cultura do topo.

Não existe capitalismo sem racismo, desigualdade social e violência policial.

Obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star