Justiça terrivelmente bolsonarista, taoquei.

Quem precisa de um ministro terrivelmente evangélico quando se pode ter 75 desembargadores terrivelmente bolsonaristas nomeados de uma só vez, taoquei?

O coprolalíssimo presidente da república da esquerda viciada nas lacradoras migalhas do patrão, Jair Bolsonaro, nomeará numa única canetada 75 magistrados distribuídos pelos tribunais regionais do país, forte indicativo de aparelhamento do Judiciário que, sabemos, conta com uma grande parcela de homens brancos, ricos, cristãos, liberais na economia, conservadores nos costumes, entusiastas da meritocracia, da liberdade de consumo e simpatizantes de lavajatismos e outros fascismos limpinhos cheirosos travestidos de justiça divina, amém.

Dias atrás, Bolsonaro declarou todo fanfarrão “hoje tenho 10% de mim dentro do Supremo”, no tocante ao ministro Kássio Nunes Marques, indicação sua para a vaga – via Centrão, claro – deixada pelo decano Celso de Mello. Mais de uma vez, Bolsonaro fez piada quando Nunes Marques relatou ou votou a seu favor em processos que o prejudicariam de alguma maneira. Augusto (H)aras, o pangaré engavetador geral da república, aguarda relinchiosamente a oportunidade de entrar trotando pelas portas do STF, uma vez que a promessa do “ministro terrivelmente evangélico”, supostamente André Mendonça, ex-ministro da justiça e atual AGU, jaz abandonada às portas do Senado.

Ora, como vem sendo apontado insistente e ininterruptamente, o bolsonarismo nada mais é que o amálgama de todos os entulhos ideológicos de direita em um único amontoado de monte de merda servido em bandeja de prata no banquete sem fim da burguesia eugenista brasileira que, mui bondosa, reserva as migalhas para divertirem-se com a fascinante peleja entre a classe média vira-lata e os pobres de direita, fenômeno criado no caldeirão borbulhante de chorume da individualista cultura do topo, plim, plim.

Uma vez que testemunhamos a justiça condenando à prisão pessoas que, em desespero, famintas, roubam comida para alimentar seus filhos e encarcerando, sem provas, mas com muita convicção, inimigos políticos, é fato que a destruição do estado democrático de direito é um projeto galopante, com supremo, com tudo.

Obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star