Farsa

Ricos brancos explorando corpos negros mesmo depois de mortos? Temos! Lastimável, sim. Novidade zero!

A FARM, loja de roupas onde trabalhava a jovem Kathlen Romeu, assassinada ontem pela PM do Rio, resolveu que era boa ideia capitalizar sua morte às vésperas dos dia dos namorados – do pai do Dória – e arrecadar dinheiro com suas vendas sob o pretexto de ajudar a família da moça em meio à comoção que tomou conta do país por conta da violência racista das polícias, mais notadamente, a chaciníssimas polícias do Rio de Janeiro. Uma funcionária a menos às vésperas de uma das datas mais importantes do comércio brasileiro é um ultraje para o bolso dos ricos. Por esse motivo, resolveram que é preciso surfar na onda, lucrar com sua ausência e ainda fazer de conta que vidas negras importam. Por que não arrecadar o dinheiro sem publicizar a ação? Porque não dá lacração! Porque não fechar a loja em luto pela perda de tão preciosa vida? Porque não dá lucro! Tragédia transformada em farsa para deleite do deus glutão, amém.

Obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star