Ceci ñ’est pas une juge

O ex-juiz-ministro-marreco-das-araucárias, herói inflável da república de Curitiba, paladino da justiça branca do sul, aguerrido eleitor de Danilo Gentili, Sergio Moro, teve seu nome e o de seus companheiros procuradores da famigerada Operação Lava-Jato, denunciados como fantoches dos interesses dos Estados Unidos no Brasil – aqueles que todas e todos sabemos quais são – pelo jornal francês Le Monde, qué.

Mesmo com todo o esforço hercúleo da Rede Globo em manter o herói em pé, há tantos furos, rasgos e remendos que não é mais possível esconder o fato de que tudo não passou de manipulação para tirar Lula da vitória certa em 2018. Lula está livre e com seus direitos políticos resgatados, depois de uma longa luta e 580 dias de prisão. No entanto, espreita-se pelas sombras um novo golpe contra Lula, cujo motivo é o mesmo de sempre: não há no Brasil nenhum candidato que o derrube em 2022, uma vez que Bolsonaro também murcha empesteando o ar com seus gases pútreos e a liberália limpinha cheirosa é puro perfume francês, só fachada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star