1726 e daís em 24 horas…

… e o que fere a existência para ser resistência é a alta da gasolina, a alta do dólar. É que já nem dá mais pra ver onde começa e onde termina tamanha a crueldade, tamanho o desprezo, tamanho o individualismo da gente de bem, tamanha a cegueira de quem crê que panelaços e buzinaços derrubam genocidas, que atrair a classe média pelo bolso derruba fascistas, seus semelhantes, taoquei.

1726 e daís… quantos recordes de mortes diários ainda bateremos? Tantos quantos forem necessários para a boiada do entreguismo, do sucateamento e do enriquecimento das elites eugenistas, essa criatura hedionda adulada pela escumalha liberal limpinha cheirosa que não tem onde cair morta, passar ilesa em seu galope, deixando para trás o rastro de morte e destruição abençoado por deus, amém.

Cada um dos 257.562 mortos carregam o peso da nossa total incapacidade de reagir. Somos cúmplices, mas logo não será mais possível enxergar através da penumbra que se forma ao nosso redor, e ali viveremos confortavelmente sem culpa, isolados dentro de nós mesmos, mera mão de obra barata.

Meus sinceros pêsames a todas e todos que perderam seus entes queridos.

Já passa. Daqui a pouco nem vai dar mais pra ver e a vida segue…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star