No apagar das luzes

O imprestabilíssimo presidente da república dos buzinaços, Jair Bolsonaro, afirmou à súcia pestilenta que o aguardava em frente ao Alvorada no último sábado para chafurdarem juntos com deus acima de tudo, aleluiamém, que vai “…meter o dedo na energia elétrica”. Se engana quem pensa que Bolsonaro vai meter o dedo numa tomada pra provar ao pessoal dos direitos humanos que choque elétrico nem é tortura e até faz coceguinhas, taoquei.

Após declarar que não interferiria na Petrobrás devido aos aumentos nos preços dos combustíveis e do gás de cozinha, mesmo no dia seguinte indicando para a presidência da empresa um desses militares cheios de penduricalhos e escândalos de corrupção disponíveis na estante empoeirada do fascismo, Bolsonaro insinua que vai interferir na Eletrobrás, empresa que sofre com o sucateamento do sistema e está em vias de ser totalmente privatizada por Guedes, como se não tivesse responsabilidade alguma nos apagões que aos poucos voltam a ser uma constante no país – principalmente em lugares distantes dos olhos da liberália limpinha cheirosa –, ou no aumento da tarifa de energia, dando continuidade ao seu jogo de cena, fazendo de conta que faz alguma coisa, apontando o dedo sujo do sangue de quase 250 mil mortos por covid-19, do aumento da violência policial, dos feminicídios, dos assassinatos de indígenas e quilombolas, dos ataques a sem-terras e sem-tetos, sem vacina, sem auxílio emergencial, sem comida, sem emprego, culpando governadores, prefeitos, a mídia golpista, adversários políticos, a China, a Venezuela, Cuba, o PT, o vírus e o que mais surgir pela frente para jogar o povo contra tudo e todos e justificar o golpe miliciano que prepara para 2022, enquanto a mão cheia de dedos invisíveis do mercado saqueia o país em nome do deus glutão e a esquerda brinca de carrinho com a burguesia, inata traidora, metendo o dedo cheio de revolução enlatada na buzina em mais um fim de semana ensolarado, com lacração, com tudo.

No apagar das luzes, os tiros virão de todos os lados, mas sempre saberemos quem primeiro apertou o gatilho.

Uma vez
Mensal
Anualmente

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação única. Obrigado.

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação mensal. Obrigado.

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação anual. Obrigado.

Escolha um valor

R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star