Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas

Uma homenagem ao Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas. À todas e todos guardiões das florestas, das águas, da ancestralidade, da paz, da vida.

Na ilustração, Sonia Bone Guajajara, liderança indígena Guajajara candidata a vice-presidente nas eleições de 2018, defensora incansável das demarcações de terras indígenas; Raoni Metuktire liderança indígena Caiapó; Ailton Krenak, ambientalista e escritor da etnia Krenak; Davi Kopenawa Yanomami é um escritor, xamã e líder político Yanomami; Galdino Jesus dos Santos, da etnia pataxó-hã-hã-hãe, assassinado em Brasília em 1997; Cacique Emyra Wajãpi, assassinado em 22 de julho de 2019; Paulino Guajajara, guardião da floresta, assassinado em 1 de novembro de 2019; Zezico Guajajara, guardião da floresta assassinado em 31 de março de 2020.

Todos os assassinatos aqui relatados foram cometidos por homens brancos em conflitos de terra ou por puro preconceito, realidade que aterroriza a vida dos povos indígenas há 521 anos. Desde então, o genocídio indígena causado pela cobiça, ganância e fome de poder do homem branco, exterminou milhões e segue exterminando, uma vez que Jair Bolsonaro autoriza com sua língua venenosa ou sua bic sangrenta que ruralistas, mineradores, garimpeiros e pastores evangélicos a invasão e o ataque deliberados contra lideranças indígenas e suas terras em todo o país.

Na semana passada, Bolsonaro apresentou aos novos presidentes da Câmara e do Senado, 35 projetos prioritários para seu governo genocida, entre eles o PLC 119/2015, que altera o Estatuto do Índio contra infanticídio, PL 191/2020, sobre mineração em terras indígenas e os PLs 3729/2004, do Licenciamento Ambiental, 5518/2020 das Concessões Florestais e 2633/2020, da Regularização Fundiária, todos nocivos aos povos indígenas e suas tradições.

As lideranças indígenas aqui ilustradas seguem lutando incansavelmente pela demarcação de suas terras e pelo respeito a seus modos de vida, contra o preconceito e pelo direito à educação, à saúde, pelo direito à vida. Viva a resistência indígena!

Sangue indígena, nenhuma gota a mais.

Compartilhe essa publicação atribuindo o crédito. Não altere a ilustração. Comercialização proibida.

Uma vez
Mensal
Anualmente

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação única. Obrigado.

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação mensal. Obrigado.

Gostou dessa publicação? Apoie este trabalho fazendo uma doação anual Obrigado.

Escolha um valor

R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star