Umberto Eco faz hoje 89 anos. Imortal infinito, nos deixou – além de sua obra magnífica – a técnica infalível para reconhecer o fascismo e seus fascistas, um método simples e fácil de identificação: culto a tradição, recusa da modernidade, culto da ação pela ação, rejeição do pensamento crítico, medo do diferente, apelo às classes precarizadas e frustradas, nacionalismo e exaltação da vontade popular, vida como guerra permanente, elitismo, heroísmo, machismo, homofobia, misoginia, racismo, linguagem limitada e repetitiva, obsessão por conspirações e inimigos.

Fica a dica. Valeu, Eco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star