“É na adversidade que nasce a esperança”, disse Lula em sua mensagem de fim e ano ao povo brasileiro. Não se trata de uma esperança vã, oca, atulhada de vazio materialista e individualista: é a esperança de vidas vividas em sua plenitude, com equidade de direitos, com educação, com saúde, com democracia, com justiça, com verdade.

Muito me orgulho de participar e de contribuir para a construção e manutenção dessa esperança.

Que 2021 nos traga de volta os abraços, os apertos de mão, as ruas livres para nelas pisarmos firmes nosso pés, erguermos alto nossos punhos e gritarmos nossas milhões de vozes por um Brasil para todas e todos. Que 2012 nos traga Lula livre.

Ilustração digital sobre fotos de Ricardo Stuckert

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star