Na esteira do momento de glória monumental pelo recebimento do prêmio “Corrupto da Década”, homenagem mais que merecida dada por jornalistas investigativos de todo o mundo, o imbecilíssimo presidente Jair Bolsonaro, decorridas apenas duas décadas do novo século, foi eleito ‘hors concurs’ do prêmio “Imbecil do Século” pelo conjunto da obra. Ou seja, independente dos esforços desumanos de qualquer outro indivíduo – concorrentes há aos borbotões Brasil afora lotando parlamentos, tribunais, igrejas, escolas, escritórios, mercados, praias, festas, shoppings, redes sociais, etc., com pandemia, com tudo – Bolsonaro será o campeão ad eternum e jamais perderá seu lugar no trono, o lugar mais alto do olimpo dos olimpos olímpicos da imbecilidade, da torpeza, da desumanidade humana, taoquei.

Merecidíssimo. Há quem diga que os candidatos do “Estrupício do Milênio” estão preocupados com o desempenho singular de Bolsonaro, para quem teme perder o prêmio. Parabéns aos envolvidos na perpetração de tamanho feito histórico. Jamais esqueceremos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star